Todos os direitos reservados à Juliana Costa de Souza. Orgulhosamente criado com Wix.com

  D O U L A S   E   P A R T U R I E N T E S  

O cenário atual nos mostra que a cada dia mais pessoas têm despertado para a importância do início das vidas. Os métodos modernos e todo o aparato de intervenções farmacológicas e cirúrgicas têm perdido espaço para os métodos milenares de trazer um bebê ao mundo.

 

Diz a máxima: "os bebês sabem nascer e as mulheres sabem parir". 

 

Convictas dessa sabedoria ancestral, mais e mais mulheres vêm optando por partos naturais, o que leva muitas outras a buscarem recursos para a humanização desses partos.

Neste sentido, a assistência ao início das vidas apresenta duas relevantes vertentes:

1) Assistência à atividade da Doula

2) Assistência à parturiente e seu bebê

Em ambos os casos, o amparo legal deve estar presente para que a assistência de fato ocorra na sua melhor forma.

Assistência ao Início das Vidas

 

Sobre

Juliana Costa de Souza

 

Formada em Edificações (1998), Turismo (2004) e Direito (2010).

 

Autora dos livros

Mulheres: Mães e Reeducadoras dos Filhos de Hórus (2011)

Drogas: da dependência à liberdade consciente (2012)

Sexo e Vida: o resgate da força enfraquecida (2016)

 

E do blog "Projeto Philae - Pelo resgate da força enfraquecida presente em cada mulher" (2011)

 

Facilitadora dos "Encontros de Mulheres" promovidos pela Fraternidade Lux de Harmonização em 2016 e 2017, associação sem fins lucrativos da qual é voluntária desde 2005. 

 

Com Capacitação Jurídica em Violência Obstétrica pela Associação Ártemis (2017). 

 

Coordenadora do "Projeto Afin - Afeto na Infância: você afinado com seu filho" desde 2017.

 

Pós-graduada em Processo Penal pela Escola Paulista da Magistratura (2019), tendo desenvolvido como tema da monografia "A prova da violência obstétrica no processo penal brasileiro" (aprovada com conceito "A").

Profunda conhecedora das rotinas forenses, das consequências jurídicas, dos resultados dos processos contenciosos e, principalmente, de como se formam as convicções dos julgadores que definem o destino das vidas nos Tribunais de Justiça. 

 

Serventuária do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo desde 2005, reúne conhecimentos que lhe permitem transformar a prática amplamente vivenciada nos fóruns em palestras voltadas ao auxílio jurídico de Doulas e Parturientes.

Palestrante desde 2006.

Mãe de uma doce menina nascida de parto normal em 2010.

 

PALESTRAS

Prevenção Jurídica na Assistência ao Início das Vidas para Doulas

O trabalho de uma Doula pressupõe profissionalismo, conduta ética e dedicação extrema regada a muita ternura e acolhimento. Características indispensáveis e admiráveis que, no entanto, não afastam as questões jurídicas, ainda que estas aparentemente possam figurar em segundo plano na vida das profissionais.

 

Rotinas intensas de acompanhamento de gestantes e parturientes muitas vezes não permitem à Doula dedicar a necessária atenção aos contratos celebrados, à organização da documentação que sua atividade produz e aos cuidados com detalhes indispensáveis à segurança jurídico-administrativa do patrimônio construído.

 

Atenta a esta necessidade, a palestra “Prevenção Jurídica na Assistência ao Início das Vidas” aborda de forma pontual questões jurídicas relevantes que envolvem a atuação das Doulas.

Prevenção Jurídica na Assistência ao Início das Vidas para Parturientes

O grande objetivo desta palestra é aparamentar a parturiente, sua família e acompanhante com informações capazes de prevenir a ocorrência de violência obstétrica durante o trabalho de parto, o parto e o pós-parto.

Mães e bebês possuem direitos garantidos por lei e precisam conhecer, não apenas as normas legais, mas também os recursos que estão à sua disposição para desfrutar de um parto amplamente respeitoso e humanizado.

 

 

CONTATO

 
Será um prazer atendê-l@!